EVMEC 2015

08/07/2015 0 Maçãs

Por muito que eu até aprecie ver o meu próprio blogue parado no tempo a 21 de junho (ehehehe, melhor dia do ano), não me parece bem deixar alguns assuntos em suspenso - o que dirá o meu "eu" futuro desta minha preguiça ao nível da escrita? 

Ora bem, vamos ao que interessa: estou, finalmente, de férias. Contudo, os panfletos das universidades acumulam-se em cima da minha secretária, mesmo aqui juntinho ao computador... todos os dias, aqui sossegadinhos, a fazerem-me olhinhos, estes marotos... e, por isso mesmo, resolvi tomar iniciativa, enfiar-me num autocarro e partir à descoberta de Lisboa. 

Pronto, pronto, eu explico! Foi assim: no domingo de manhã soube que ia haver uma pequena Escola de Verão de Matemática, Estatística e Computação (EVMEC) no Instituto Superior Técnico (IST), com a duração de uma tarde, num destes dias de julho. Acontece que... não seria num dia qualquer, mas sim, precisamente... no dia seguinte, 6 de julho. E foi assim que, a conselho e sob a orientação de uma amiga (a quem agradeço do fundo do coração por ter sido uma das principais responsáveis por esta minha oportunidade), contactei a organização e assegurei a minha participação de um dia para o outro.

Não sei se estão a perceber bem a situação... Eu, do alto da minha maioridade recentemente conquistada, passei uma tarde a confirmar horários de autocarros de e para Lisboa, a verificar a ocorrência ou não de greves do metro, a correr ruas no Google Maps até já saber de cor por que bancos ou restaurantes teria de passar, etc, etc e tal.

Na segunda-feira, pus-me a caminho. A viagem de autocarro correu lindamente, orientei-me melhor no metro do que estava à espera (afinal, se olharmos com atenção, há sempre plaquinhas com as direções a seguir e vários mapas com as diversas linhas), almocei no sítio habitual de turista (cof, cof, MacDonalds, ainda que me tenha arrependido assim que comprovei o quão salgadas estavam as batatas fritas) e cheguei ao meu destino - o Departamento de Matemática do Instituto Superior Técnico.

Noutras circunstâncias, teria certamente aproveitado para cuscar um bocadinho dos espaços envolventes e restantes departamentos, contudo, com a caloraça que se fazia sentir na rua, só me apetecia estar à sombra, pelo que fui direitinha à sala onde se realizariam as diferentes palestras. Sobre estas, pouco tenho a dizer além da apresentação que se encontra no site oficial, uma vez que esta descrição vai exatamente de encontro ao que presenciei na segunda-feira.

De uma maneira geral, esta tarde serviu para me abrir os olhos às possibilidades da Licenciatura em Matemática Aplicada e Computação (LMAC) e do seu respetivo mestrado de continuidade (MMA). Foi bom poder ouvir da boca de professores, alunos e ex-alunos aquilo que, efetivamente, qualquer candidato pode esperar destes cursos, no que toca a aspetos como a matéria abordada, o ambiente, as saídas profissionais, etc.

Se serviu de alguma coisa? Bom, serviu pelo menos para me baralhar ainda mais, claro! Acredito que existam duas possíveis reações quando nos deslocamos e assistimos a uma apresentação deste género: ou adoramos, ou detestamos! O marketing das universidades encontra-se no seu melhor nestes momentos, e é suposto que até o aluno com mais certezas acabe por se sentir dividido.

Organização da EVMEC, acertaram na mouche no que toca às minhas indecisões; sem dúvida que gostei bastante de conhecer um bocadinho daquilo que é o IST e o vosso departamento. Gostei que tivessem relacionado a Matemática com as suas diferentes vertentes - até puxaram pelo meu bichinho pela música, vejam só!

Foi, sem dúvida, uma tarde muito bem passada, com a cabeça a pensar num turbilhão de possibilidades e de indecisões. Consegui voltar a apanhar o metro, chegar à rodoviária, entrar no autocarro e regressar a Leiria sã e salva.

A menos de um mês de tomar uma decisão definitiva, já visitei um politécnico e duas universidades. A confusão continua, mas a esperança de que a nuvem se desvaneça também vai aumentando com estas experiências.

(FEUP, fica a dica! Não querem organizar nada para os indecisos que já terminaram o 12º ano?) 

0 Maçãs:

Enviar um comentário

Olá! Obrigada pelo teu comentário no Pomarão. :)