Agora sim, FEUP!

26/07/2015 2 Maçãs

Depois de ter deixado uma pequenina dica no final deste post e de ter visitado o Instituto Superior Técnico (IST), a verdade é que recebi um convite muito aliciante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) para visitar a faculdade e esclarecer todas as minhas eventuais dúvidas em relação aos cursos lá ministrados. Ora, com tão gentil disponibilidade, a verdade é que não consegui resistir e lá fui de comboio, juntamente com mais duas amigas, até ao Porto, nesta quarta-feira.

Toda a visita foi marcada e combinada com uma eficácia e rapidez estonteantes, sendo que apenas informámos a faculdade dos cursos que mais nos interessavam e de tudo o resto tratou a organização. É como vos digo, só tivemos de conseguir chegar ao Porto!

Comboio, metro, perninhas - chegámos à FEUP! Começámos logo por conhecer o nosso guia João e fomos introduzidas ao Mestrado Integrado em Bioengenharia (MIB) por algumas estudantes de doutoramento, que nos apresentaram o curso e algumas das instalações (nomeadamente, os laboratórios).

Seguidamente, o Mestrado Integrado em Engenharia Informática e de Computação (MIEIC), aquele que, a nível pessoal, mais me atraía logo à partida. Fomos muitíssimo bem recebidas e tivemos uma longa conversa com um professor e uma ex-aluna (e, ao que parece, também já docente) do curso. Sou suspeita, claro, mas confesso que gostei muito deste bocadinho - e apreciei bastante que todos tivessem tentado ser imparciais e aconselhar-nos de acordo com as situações e dúvidas e problemas e questões que colocámos em cima da mesa.

Pausa para almoço na cantina da FEUP, iuuuupi! A comida era muito boa (eu comi o último prato de empadão, ehehehe) e até se notava que a sopa tinha legumes! Peço desculpa se isto chocar algumas pessoas, mas a verdade é que há uma grande diferença entre um "caldo de legumes" e uma "sopa de legumes" - e parece que nunca ninguém sabe qual é nas cantinas... tsssss!

Num instantinho passámos também pela Biblioteca da FEUP, aquele monstro de seis andares com portas giratórias! Que espetáculo, assim até dá gosto ir estudar, ahahaha! Só tive pena de já estarmos com pressa, senão tinha percorrido os andares todos, vos garanto!

Começámos então a tarde com uma professora que nos apresentou o Mestrado Integrado em Engenharia Química (MIEI) - um curso que, como qualquer interessado já deve saber, envolve muito mais física do que à partida se poderia pensar. Nunca me esqueci do momento em que a minha professora de Física e Química A disse isto a um colega que se gabou do facto de não precisar de saber física porque ia seguir este curso... Seja como for, ficámos a conhecer as potenciais saídas profissionais, os laboratórios e, ao fim e ao cabo, aquilo que efetivamente se pode esperar deste curso.

E, para terminar a nossa visita em beleza, conhecemos um professor que tratou de nos apresentar o Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (MIEEC), outro favorito meu. Foi muito interessante perceber realmente quais as diferenças entre o MIEEC e o MIEIC e, afinal, até que ponto é que o "de Computadores" faz a diferença no curso (acreditem, faz!). Também ajudou que o nosso guia fosse deste curso...

A verdade é que muito mais poderia ser dito sobre esta nossa visita. Eu até podia falar um pouco mais sobre a minha opinião pessoal, contudo, o meu objetivo não era criar um post publicitário e... bom, também não quero influenciar demasiado o pessoal pré-universitário ainda indeciso. Posso apenas dizer-vos que, para uma primeira impressão, a FEUP correspondeu e superou (ai, se superou!) todas as expetativas que eu poderia ter tido antes de visitar as suas instalações - desde o campus à mítica biblioteca, passando por todas as pessoas que conheci pelo caminho. Até o jeitinho do Porto me encantou à sua maneira!

Posso agora dizer, finalmente, que me sinto muito mais esclarecida. Obrigada, FEUP!

2 Maçãs

Olá! Obrigada pelo teu comentário no Pomarão. :)