Chegou... o momento

16/06/2012 7 Maçãs

One Republic ft. Sara Bareilles - "Come Home"

As aulas já acabaram há mais de uma semana, dia 8. Durante esta semana, ainda voltei à escola por diversas vezes para ter as chamadas "aulas de apoio", aquelas de Português e de Matemática de preparação para os exames nacionais

Ai já não se lembravam desses? Nesse caso, sorte a vossa!, já que tal tema ainda não saiu da minha cabeça desde que me apercebi de quão perto os exames realmente estão... Sim, o exame de Língua Portuguesa é JÁ esta segunda-feira

Bolas, como o tempo passou depressa! Devo confessar que estou bastante nervosa quanto a este exame... eu sei, eu sei, "com o estudo isso passa", mas isso não quer dizer que esteja mais descansada agora do que estava há duas semanas atrás. Sei lá, parece ser um exame tão subjetivo, daqueles que tanto podem correr bem como podem correr mal, e para os quais não conseguimos, por mais que tentemos, estar 100% preparados para fazer. 

Claro que o exame de Matemática também não há de ser pera doce, mas, ainda assim, sinto-me mais confiante para esse do que para o de Português, principalmente devido às razões que expliquei no parágrafo anterior. Sim, já me fartei de estudar Gramática, o "Auto da Barca do Inferno" e "Os Lusíadas", e ainda continuo nervosa sobre o exame.

A cada dia que passa, parece que o nervosismo aumenta. No dia anterior ao Teste Intermédio de Ciências Naturais, entrei em paranoia (pronto, não foi assim tão mau) porque já não me lembrava de não-sei-quê sobre os fósseis, e, afinal, acabei por acertar uma pergunta de escolha múltipla sobre isso mesmo. 

Há algo que me aflige, no entanto, sobre estes exames nacionais. Está bem que é necessário fazer exames e que ainda vamos fazer mais uns quantos durante a nossa vida de estudantes (e quem sabe até depois!), todavia, só de pensar que a nota deste exame pode mudar a nota do final deste 9º ano... Afinal, essa foi a nota pela qual lutei, por vezes com mais força e com mais sucesso e por outras sem tanto sucesso, durante os últimos... quê, três anos?

Sim, três anos! Três anos a tentar ter a nota máxima a Português, três dois anos (ahahaha, no 9º ano não tive assim tanto sucesso, não é malta?  ) a tentar estar atenta a todas as aulas e a dar o meu máximo, e tudo para chegar a isto.

A dois dias, a duas manhãs, a dois exames.

Por isso, sim, é importante para mim a nota que vou ter nestes exames. É importante, também, ter consciência daquilo que realmente valho e daquilo que, possivelmente, enfrentarei no futuro. Sei que muito provavelmente não conseguirei atingir o meu objetivo máximo, mas não é por isso que vou desistir. Ou pelo menos, é com esse espírito que pretendo ir fazer os Exames Nacionais de 9º ano de Língua Portuguesa e de Matemática, na próxima segunda e quinta-feira, respetivamente, na escola que frequentei durante cinco anos. 

É verdade, eu chego aqui ao Pomarão, escrevo estas coisas e vou-me abaixo logo a seguir. É normal que isso aconteça, penso eu. E sabem que mais? No segundo em que isso me acontecer, vou voltar ao computador e ler o texto que eu própria escrevi. Vou lembrar-me dos milhares de milhões de composições que já escrevi, vou lembrar-me da quantidade de equações, de sistemas de equações e de problemas que já resolvi, vou lembrar-me do trabalho que já desenvolvi durante todos estes anos da minha (ainda) curta vida. Ah pois, não se há de ver pessoa mais confiante para ir fazer o exame nesta segunda-feira! 

P.S.1 E na quinta-feira, hem? Que melhor incentivo existe para fazer um exame que fazer anos nesse mesmo dia? (não, não andei o ano todo a queixar-me que o meu dia de anos era o mesmo do exame de Matemática, estão todos enganados) 

P.S.2 Se chegaram até aqui, obrigada. Por lerem e por (quem sabe!) perceberem.

7 Maçãs

  1. Antes de tudo o resto, tenho que dizer que achei que este post está muito bem escrito.
    É verdade que dizem que "com o estudo isso passa", mas às vezes quanto mais estudamos, mais confuso fica. Sim, eu não sou propriamente o exemplo perfeito do estudo, mas também me esforço pelos exames :P
    Depois, lembra-te que para desceres a nota, o exame tem de correr mesmo muito mal e eu sei que não vais chegar a esse ponto :)
    E realmente não, nunca te ouvi queixar por causa da data do exame, mais parecia que não é no mesmo dia do teu aniversário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum, isto dantes identificava-nos :/ O comentário é meu,
      Ana S.

      Eliminar
    2. Obrigada pelo teu comentário! :D

      Eliminar
  2. felicidades para os exames para o violino .... enfim para tudo

    ResponderEliminar
  3. Olá, Lagartinha do Pomarão! Hoje é o teu aniversário... se calhar é caso para dizer... cada vez mais borboleta... e cada vez menos lagartinha.
    Há já mesmo muito tempo que não visitava o Pomarão. É bom saber que ele continua ativo e com novo design, novo visual, talvez uma nova filosofia, e nos textos também se nota diferença... mais longos... mais profundos... denunciando o teu crescer como pessoa,como aluna, como escritora.

    Daqui envio um grande beijinho e votos de muitas felicidades e muita saúde. Também votos de boas férias, de boas notas, de boas viagens rumo ao Sul, se for o caso.

    Parabéns pelo aniversário... e sempre pelo Pomarão. Vou tentar voltar mais vezes.

    Bicadinhas amigas.
    Gaivota Ditosa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por tudo! Fico contente por ainda gostar de passar neste cantinho de vez em quando! :D

      Eliminar

Olá! Obrigada pelo teu comentário no Pomarão. :)