Restauração da Independência

01/12/2008 1 Maçã
Ora bem, como todos sabem hoje comemoram-se 368 anos após a Restauração da Independência. Aqui fica então um textinho para aprenderem mais sobre este acontecimento tão importante para nós, portugueses.

P.S. Retirado do blog "6ºA & Companhia", do qual também faço parte. Aliás, este texto é da minha autoria.

"Tudo se passou em finais do século XVI. Nessa altura o rei de Portugal era D. Sebastião (sim, aquele que é cognominado de O Desejado, precisamente por causa desta história). Ora, D. Sebastião era jovem e queria era ir combater para o Norte de África. E quando um rei quer, vai mesmo, não ligando nenhum aos conselhos que recebe. E foi o que aconteceu: o nosso rei foi para Alcácer-Quibir e nessa batalha morreu. Portugal ficou assim sem rei, pois D. Sebastião era muito novo e ainda não tinha filhos e não havia herdeiros directos para a coroa portuguesa. Assim, quem subiu ao trono foi o Cardeal D. Henrique, tio-avô de D. Sebastião e seu parente mais próximo. Mas nem toda a gente estava satisfeita com a escolha e o Cardeal D. Henrique só governou 2 anos. Foi uma grande confusão, pois ainda havia muitos pretendentes ao trono.

Depois de muitas lutas entre os pretendentes, D. Filipe II, rei de Espanha, foi aclamado rei de Portugal nas Cortes de Tomar. Esta decisão foi muito contestada, porque como seguramente percebeste Portugal e Espanha ficaram unidas, o que os portugueses nunca quiseram. Para amenizar os ânimos, D. Filipe I de Portugal e II de Espanha jurou que nunca nomearia espanhóis para cargos ocupados em Portugal e outra série de promessas. Realmente assim cumpriu, o problema foram os seus sucessores.

Durante 60 anos os portugueses estiveram sob o domínio dos espanhóis, e chamou-se a esse período Domínio Filipino, pois os reis desse tempo foram Filipe I, Filipe II e finalmente Filipe III. Estes reis governavam Portugal e Espanha ao mesmo tempo, como um só país. Mas os portugueses não estavam satisfeitos com os reis espanhóis, como já referimos anteriormente. Estavam tão fartos, tão fartos que se revoltaram contra os espanhóis precisamente no dia 1 de Dezembro de 1640. Foi nesse dia que ocorreu o tão conhecido episódio de Miguel de Vasconcelos, apoiante dos espanhóis em Portugal: Miguel de Vasconcelos foi morto a tiro e atirado da janela abaixo no Paço da Ribeira, em Lisboa. Mas a raiva dos portugueses não se ficou por aqui. A Duquesa de Mântua, que se tinha escondido dos portugueses num armário, foi encontrada mas foi-lhe permitida uma fuga para o estrangeiro. Até parecia mal matar uma senhora da Alta Nobreza, não acham?

Então, o Duque de Bragança foi aclamado rei com o nome de D. João IV. Foi este rei que iniciou a Dinastia de Bragança. No entanto, Portugal ainda teve de lutar contra Espanha durante 28 anos, só sendo depois assinado o Tratado de Paz.

Foi a partir daí que recuperámos a Independência, que festejamos sempre no dia 1 de Dezembro!


Curiosidade: durante o Domínio Filipino surgiram os sebastianistas, pessoas que sempre acreditaram no regresso de D. Sebastião, uma vez que nunca foi encontrado o seu corpo. Até houve homens que se apresentaram como o desejado rei (perceberam a lógica com o cognome, não foi?), sendo sempre desmascarados.


P.S. Para mais informações visitem o site Júnior."

1 Maçã

  1. Lagartinha,

    Obrigada pelas revisões de História de Portugal. Nunca é de mais relembrar aos mais esquecidos e distraídos os episódios mais significativos da nossa História. Até porque a muita gente (mais nova e também mais velha) sabe bem ter um feriado, mas ignoram a razão que lhe deu origem.
    Viva a Independência! ... ou será que estaríamos melhor se estivéssemos unidos? Afinal, a união faz a força... Não sei, nunca saberemos. Com isto não quero dizer que não me sinto orgulhosa dos feitos daqueles que recuperaram a Independência. Se eu tivesse vivido nesse tempo, teria ido à luta também! Sou muito dessas coisas! Não gosto de deixar os outros lutar por aquilo que me interessa. Adivinhas que também fiz greve, claro! E faria outra no próximo dia 12 (ainda por cima é o MEU dia!!), mas foi desconvocada. Espero que saibam o que andam a fazer e o que vão negociar. Mas isso são outras histórias...

    Bom domingo e bom feriado... outro!

    (cá por baixo também chove, estou a escrever à janela e lá fora a chuva cai e está tudo cinzento... eu até gosto)

    Bicadinhas da Gaivota Ditosa

    ResponderEliminar

Olá! Obrigada pelo teu comentário no Pomarão. :)