Anedota

28/04/2008 1 Maçã
Hoje que foi substituição para os meus colegas em Religião e Moral, apeteceu-me colocar uma anedota sobre... este tema.

Anedota:

O padre pede a um menino que está na rua a andar de bicicleta:
- Podes-me vir ajudar na Igreja?
- Sim, senhor padre, mas eu não queria deixar a minha bicicleta na rua sozinha. Alguém ma pode roubar.
- Não te preocupes, o Senhor está no Céu a tomar conta da tua bicicleta.
Quando entraram na Igreja o padre disse:
- O Senhor está no meio de nós...
- Então, mas você não disse que o Senhor estava lá fora a ver a minha bicicleta?

Arte românica

27/04/2008 0 Maçãs
Neste 3º Período, em História e Geografia de Portugal só vamos ter um teste. Motivo: haverá um trabalho de grupo com a avaliação de um teste. Já começámos a preparar, escolhendo os elementos (só os coordenadores de grupo que a professora escolheu), o tema, o material, etc... São grupos de 3 elementos, excepto alguns, como o meu que tem 4, e escolhi com os meus colegas de grupo o tema "O Clero", que abrange também a arte do século XIII, a românica e também um pouco da gótica. Por isso, como sou eu a tratar das ilustrações, passei um 25 e 26 de Abril a fazer um desenho da Igreja Românica de S. Miguel do Castelo, em Guimarães (séc. XII). Agora, vou ver se consigo fazer a Domus Municipalis de Bragança. Um fim-de-semana prolongado com muito descanso, ah?!

Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra

25/04/2008 2 Maçãs
Pois é, esse é site aonde fui buscar aquelas histórias paras crianças. Na página inicial, podem escolher o que lhes interessa e, para o caso de quererem ler mais histórias e responderem a inquéritos para crianças cliquem onde diz "O 25 de Abril dos mais novos". É um site que recomendo vivamente a quem quiser saber mais informações sobre esta data memorável.

25 de Abril - "O romance da Revolução das Letras"

0 Maçãs
Esta história chama-se "O romance da Revolução das Letras" e também é de Manuel António Pina e, desta vez, também de João B. Também retirada do Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra, na zona das crianças (aonde o link vai dar). (cliquem nas imagens para conseguirem ler).








Um Abril diferente...

1 Maçã
Para não colocar as história todas de seguida, pelo meio fica um vídeo do 25 de Abril com a música Grândola Vila Morena a acompanhar.


25 de Abril - "O Tesouro"

0 Maçãs
Cá estou eu para festejar o 25 de Abril com os leitores! Começo o dia (ou a tarde, mais propriamente) com uma história pequenina, intitulada "O Tesouro" de Manuel António Pina, retirada do Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra, na zona das crianças (aonde o link vai dar). (cliquem em cima das imagens para conseguirem ler).





Resposta à Adivinha

23/04/2008 0 Maçãs
Já em seguida, a resposta à adivinha...

Resposta:

O semáforo! Muito próprio, não?

Adivinha

21/04/2008 1 Maçã
A resposta será publicada nos próximos dias.

Adivinha:

Tenho uma perna e três olhos. Quem sou eu?

Teste de Leitura

20/04/2008 0 Maçãs
Retirei do site Júnior, da parte do Clube, um teste de leitura que achei, aqui para a criançada, engraçado. Sigam as instruções mas, por favor, não se chateem comigo ou com o Júnior. É só uma brincadeirinha...

Teste de Leitura

Este é um teste de leitura veloz realizado na Universidade de Salamanca, Espanha, para quem vai entrar para o curso de Linguística.

Tenta ler sem errar:

O gato assim fez.
O gato é um de três.
O gato como vês.
O gato se fez.
O gato mantém três.
O gato um gato fez...
O gato totó vês.
O gato ocupado vês.
O gato por mim fez.
O gato quarenta fez.
O gato segundos fez.

Agora lê somente a terceira palavra de cada uma das frases e... pronto, foi só uma brincadeira!

PS: Peço desculpa por a votação ter letras que não se percebem, mas são as que têm acentos. Espero que compreendam.

Fim-de-Semana

19/04/2008 0 Maçãs
É tão bom ser fim-de-semana! Não há surpresas desagradáveis, nem birras, nada! Um espectáculo de tempo. Só é pena a chuva, mas não se pode ter tudo. Um bom fim-de-semana para todos.

Provérbio

17/04/2008 0 Maçãs
A condizer com esta chuva que agora decidiu cair!

Provérbio:

Quando vem Março ventoso, Abril sai chuvoso.

E ainda outro, para os mais curiosos:

No princípio ou no fim, costuma Abril a ser ruim.

Poema meu

14/04/2008 0 Maçãs
Não está grande coisa, mas para segunda-feira...!

Prenda de Aniversário

Tenho uma festa no Sábado

Não sei o que oferecer
Desde que não seja um macaco
O Tiago não se vai ofender!

Mesmo assim
Estou indecisa
Preciso dum empurrãozinho,
Nem que seja para a piscina!

Talvez ofereça um livro
Uma aventura, talvez
Quem sabe seja, por ventura
Um livro que vale por três.

Já sei!, que grande ideia
Vou fazer um bolo
Com uma mistela
E ele que fique
Com a receita!

Soneto de Luís de Camões

13/04/2008 1 Maçã
Em História e Geografia de Portugal andámos a fazer trabalhos de grupo sobre Portugal no século XIII. Escolhemos o grupo, o tema e começámos a preparar o material de que precisávamos. Eu fazia parte do primeiro grupo cujo tema era o Relevo, os Principais Rios e a Linha de Costa. Éramos três elementos e dividimos a matéria entre nós; eu fiquei com os Principais Rios. Na semana passada, na quinta-feira, fizemos a apresentação. Lemos também à turma um soneto de Luís de Camões sobre o rio Mondego, para que cada um em casa o tentasse compreender. Por isso, para a "criançada" mais curiosa, cá fica o famoso poema.

Soneto


Doces águas e claras do Mondego,
doce repouso de minha lembrança,
onde a comprida e pérfida esperança
longo tempo após si me trouxe cego;

de vós me aparto; mas, porém, não nego
que inda a memória longa, que me alcança,
me não deixa de vós fazer mudança,
mas quanto mais me alongo, mais me achego.

Bem pudera Fortuna este instrumento
d'alma levar por terra nova e estranha,
oferecido ao mar remoto e vento;

mas alma, que de cá vos acompanha,
nas asas do ligeiro pensamento,
para vós, águas, voa, e em vós se banha.

Luís Vaz de Camões

Linus canta The Police

12/04/2008 0 Maçãs
Esta música foi um pedido e, como não sou desmancha prazeres e gostei muito do vídeo, resolvi po-la aqui.

P.S. Este vídeo também está no YouTube mas como não conseguia ver o vídeo todo de seguida resolvi colocar o do Sapo Vídeos.


Ó-dlé-ri-hi!

0 Maçãs
E tudo por causa de um livro! Eu explico: na minha escola a leitura do 5º ano é o livro "Trisavó de pistola à cinta e outras histórias" de Alice Vieira. Acontece que este livro está esgotado, está a ser feita uma nova edição, etc, etc e tal. Enquanto isso, nós, que encomendámos o livro há mais de um mês, continuamos sem ele, embora saibamos que, por exemplo, no Porto já o há. Por isso, a leitura do livro e os trabalhos de casa são feitos com os livros da biblioteca, que só são 12. Mas, estes livros não se podem requisitar e para fazer os trabalhos temos de os fazer na biblioteca, quando os livros estão lá. Uma complicação, caros leitores! Mas a gente lá se vai arranjando e, como tal, ainda tenho 2 resumos para fazer. Podem achar estranho o ó-dlé-ri-hi mas está numa história do livro e achei tanta piada que o resolvi pôr aqui. Espero que o saibam interpretar...!

Anedota

07/04/2008 1 Maçã
Segunda-Feira é tão bom! (estou cheia de ironia!)

Anedota:

Era um mulher tão viciada em jogos, tão viciada em jogos, que quando ela morreu escreveram na sua campa: «Game Over!».

Regresso às aulas com... as habituais confusões

03/04/2008 0 Maçãs
Já é típico nas escolas existirem confusões. São sempre tão estranhas que de boca em boca a versão varia. Por exemplo, esta semana com o calor houve muita gente que "tomou banho". Tanto pelos bebedouros como por garrafas de água. Mal se entra na escola vê-se gente com garrafas de água e algumas dessas pessoas atiram a água para os restantes alunos. Por sorte eu não apanhei uma molha, mas sei de pessoas que tomaram um banho com direito a cabelos molhados e roupa igualmente molhada. Acho que até já me habituei a tudo isto e para evitar que tal aconteça tenho a minha própria rotina: ou vou para a biblioteca, ou vou jogar ao berlinde, ou vou para o pé do sítio da Educação Física (quando a há) e, tirando isto, só quando tenho de correr a escola inteira à procura dos meus colegas ou à procura de algum professor. Podemos concluir que tanto o calor como o frio têm muitas desvantagens nas escolas.