António Mota!

28/01/2008 0 Maçãs
Primeiro tenho de pedir desculpa por não ter publicado esta resposta no sábado, mas passei mais tempo a estudar do eu própria previra. No entanto, ficam já a saber: o autor daquele poema é António Mota! Com certeza conhecem o nome, pelo menos. Bem, seja como for, há pontos para dar. Somem os pontos:

Participação (mesmo sem comentar) - 2 pontos.
Resposta correcta (António Mota) - 3 pontos.
Resposta compreensível (Luísa Ducla Soares, Manuel António Pina, Cecília Meireles...) - 1 ponto.

Melhor não posso dar, uma vez que tempo para fazer prémios decentes não há. Parabéns a todos!

Amanhã

25/01/2008 0 Maçãs
Amanhã é o grande dia... Amanhã vão saber quem é o autor! Tentem adivinhar, mesmo que não comentem!

Numa casa muito estranha - Poema

23/01/2008 2 Maçãs
Bem, o objectivo é descobrirem quem é o autor deste poema tão bonito. Não vale copiar!

Numa casa muito estranha

Numa casa muito estranha
Toda feita de chocolate
Vivia uma bruxa castanha
Que adorava o disparate.

Punha os copos no fogão
As panelas na banheira
Os sapatos nas gavetas
As meias na frigideira;
Escrevia com fios de água
Dormia sempre de pé
Cozinhava numa cama
E comia no bidé.

Varria a casa com garfos
Limpava o pó com farinha
Deitava cem gatos na sala
E dormia na cozinha.

Humanos - Muda de Vida

21/01/2008 0 Maçãs
Esta música tenho a certeza que todos vocês gostam e conhecem. Apreciem!


Poema meu

20/01/2008 1 Maçã
Há quanto tempo que eu não escrevia um!

A solidão

Estamos nós tão sossegados
Entra pela janela, a solidão
Tão só, tão sozinha
Que mete dó, ó coitadinha!
Agora que nos vê
Rejubila de alegria
Pois quando julgamos
Que estamos sozinhos
A solidão faz-nos companhia.

Sentimos o ar mover-se
Ao nosso lado
Sem sabermos se será ela ou não,
A única certeza que temos
É que bate o coração.

Quando um frio entra em nós
A sibilar como uma serpente,
Ou a grunhir como um rinoceronte,
E a chamar por nós
Com uma atracção de um íman.

Não julgues que estás sozinho,
Pois então, já são dois.
A solidão e tu, teoricamente,
São o gato e o rato da amizade.

Casa Mortuária - Estádio Municipal de Leiria

13/01/2008 1 Maçã
Já devem ter ouvido falar da história dos alunos que estavam a ter actividades numa casa mortuária. Pois agora sabe-se que da casa mortuária passaram para o Estádio Municipal de Leiria. Leiam a notícia.

Crianças de Marinheiros deixam casa mortuária e vão para o Estádio de Leiria
in. Jornal "Região de Leiria".

As crianças da escola do 1º ciclo de Marinheiros, que frequentavam as actividades de enriquecimento curricular (AEC) e componente de apoio à família (CAF) na casa mortuária, vão passar a frequentar aquelas actividades no Estádio Municipal de Leiria, anunciou há instantes a Câmara de Leiria em comunicado.

A utilização da casa mortuária de Marinheiros pelas crianças para aí frequentarem as AEC e CAF motivou protestos no início desta semana. Hoje a autarquia leiriense adianta que “dada a urgência e o empenho da autarquia na resolução da situação, foi encontrada uma solução nas instalações do Estádio Municipal de Leiria, na zona nascente (porta 2)”.

O município acrescenta que as instalações em causa não estavam disponíveis até ao momento, passando a ser utilizados um camarote e um espaço polivalente aí existentes.

“Durante a próxima semana será colocada a logística necessária, no menor espaço de tempo possível, sendo os pais informados de imediato da data do primeiro dia das actividades”, garante a Câmara de Leiria.



Expressão idiomática

12/01/2008 3 Maçãs
Em vez de uma anedota, um provérbio ou uma adivinha, porque não uma expressão idiomática para desvendarem? O objectivo é ver quem é o mais rápido a acertar. Vamos começar?

Expressão idiomática:

Passar pelas brasas.

A famosa Lei do Tabaco

08/01/2008 1 Maçã
Não me apetece falar directamente da Lei do Tabaco, mas sim dos factores fundamentais que daí surgiram.
  • Ao ser proibido fumar nas escolas e em outros recintos fechados, as crianças e jovens que os frequentam deixaram de ter de fumar involuntariamente, o que gerou algum bem-estar em certos locais.
  • Sem fumo deixou de haver cheiro, outro factor incomodativo para a maioria dos estudantes.
  • Além disso alguns fumadores não respeitam a regra de apagar o cigarro e colocar no cinzeiro! Quando olhamos para o chão de uma rua vemos logo cigarros espalhados, alguns sem estarem apagados, o que é um grande perigo.

Capacidade da Mente

05/01/2008 0 Maçãs
Talvez já conheçam este passatempo por o terem recebido por e-mail ou até por já o terem visto publicado num blog, mas vou publicá-lo na mesma. Fixa os teus olhos no texto abaixo e deixa que a tua mente leia correctamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉNS!

Brevemente publicarei uma publicação sobre a lei do tabaco, que entrou em vigor no início do ano.